É preciso repetir? O plástico é o maior inimigo dos oceanos

A Comissão Europeia propôs, esta semana, uma nova Diretiva para reduzir o lixo no mar. Sabendo que os plásticos são 85% do lixo encontrados nos mares de todo o mundo, com grandes ilhas a boiar nos oceanos, e que, 10 produtos de uso único são os responsáveis por 70% do lixo marinho encontrado nas praias da Europa, a Comissão propõe medidas para, até 2030, seja possível poupar €223 mil milhões em custos ambientais e que sejam lançados para a atmosfera 3,4 mil milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO²).

A CE propõe, também, que os 28 estados membros terão de recolher 90% das garrafas de bebidas de plástico descartável até 2025, nomeadamente através de regimes de restituição de depósitos, como taras recuperáveis.

EXEMPLOS A SEGUIR

Em Lisboa, a autarquia está a implementar projetos-piloto em algumas áreas para generalizar o uso de copos reutilizáveis no espaço público. O jardim do Arco do Cego, onde se juntam várias dezenas de pessoas todos os dias, nomeadamente ao fim da tarde, que consomem preferencialmente cerveja, é um desses locais. Assim, como as Festas de Lisboa serão um dos objetivos desta campanha da câmara que está em conversações com as cervejeiras para que o projeto tenha sucesso. A aposta é o uso de copos reutilizáveis e incentivo à reciclagem dos copos tradicionais.

É também em Lisboa que arrancou a ideia da alemã Bianca Beyer e que tem o nome de “Lisboa Limpa”. A ideia é que os lisboetas utilizem copos reutilizáveis quando andam, por exemplo, de bar em bar à noite. O copo custa €1 e pode ser entregue para reembolso em qualquer um dos locais associados ao projeto. Caso se parta é substituído.

 

Journal Visão –  SOCIEDADE – 30.05.2018 às 18h03

SARA RODRIGUES – Jornalista

Para ler o artigo, click aqui

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *